A Transformação do Mercado de Eventos e a Tecnologia

Design de Comunicação

A Transformação do Mercado de Eventos e a Tecnologia

3 de agosto de 2020 Artigos Design de Comunicação 0

Um dos setores mais integralmente afetado pelas condições impostas pela pandemia do COVID-19 foi o setor de eventos. No mundo todo, tanto as empresas ligadas ao “turismo de negócios” quanto as produtoras de eventos propriamente ditas, viram seus negócios se esvaziar por conta da única ferramenta cientificamente eficaz de combate ao vírus: o distanciamento social.

No Brasil, em pesquisa realizada pela Ubrafe (União Brasileira dos Promotores de Feiras), a Abeoc (Associação Brasileira de Empresas de Eventos), em parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) em Abril de 2020, o estrago já era da ordem de 98% do mercado de eventos impacto pela pandemia, sendo que, somando-se a isso 4 meses de idas e vindas e falta de uma estratégica clara dos órgãos públicos, os prognóstico para uma retomada de eventos a médio prazo são no mínimo incertos.

Confira os dados da pesquisa:

Em um de nossos textos, falamos o quanto a estratégia de eventos era vital para ao segmento de tecnologia, pois desenvolver um ambiente de trocas, seja dentro da própria equipe, seja entre equipes diferentes ou projetos diferentes, seja com o ecossistema externo no qual as tecnologias escolhidas para seu projeto estão inseridas possuíam caráter estratégico para os times de desenvolvimento. Independentemente do tamanho de sua empresa, ou do projeto em si, existe um ganho real no compartilhamento de informações técnicas e conhecimentos com um ecossistema maior e mais diverso do que aquele que você pode alcançar dentro de suas estruturas.

A situação nos mostra apenas um alternativa para obter esse resultado: O uso da própria tecnologia como elemento impulsionador desse processo de eventos pelo meio digital. Conforme a pesquisa, em Abril, pouco mais de 15% das empresas estava em processo de adotar novas tecnologias, por isso, prosseguir para um evento digital é não só a alternativa lógica, com um processo diferencial para seu negócio.

Porém, uma ressalva: Não basta apenas transferir o conhecimento para transmissões frias e nenhum espaço de interação entre os participantes. O conteúdo é a base do desenvolvimento de qualquer ação digital, porém a experiência dos participantes e a capacidade do evento digital de proporcionar espaços de interação transversal (para além da interação participante-conteúdo) são fatores fundamentais para essa transformação e obtenção dos mesmos resultados de um evento presencial.

Para expandir a visão sobre eventos digitais e suas possibilidades, vamos trazer uma série de artigos para você investir na sua transição para o modelo digital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *